Nothing Hill em Milão

Nothing Hill em Milão: era uma vez, uma cooperativa de operários com o sonho de construir uma cidade ideal, a preços acessíveis e bem localizada, para não ter que gastar a maior parte do salário com aluguéis.

Naquela época (final do século XIX), não existiam casas populares em Milão e a ideia de uma cooperativa era a única solução para viabilizar o projeto: a soma do aluguel pago por um certo número de trabalhadores poderia constituir um capital para construir casas baratas.

Depois de negociar com a prefeitura, o terreno de 100.000 metros quadrados foi comprado a preço de banana – 270.000 liras, que equivalem a menos de 150 euros – e as casas ideais com jardim e horta começaram a ser construídas.

O projeto da cidade ideal encalhou entre as duas guerras mundiais, mas a parte que saiu do papel, as casas da via Lincoln, deixou aquele pedacinho da cidade mais tranquilo, mais romântico, mais colorido.

O lago de Como fica pertinho de Milão e é um dos lugares mais incríveis da Itália. Não perca a oportunidade de fazer um passeio de barco exclusivo por Varenna e Bellagio, simplesmente mágico, inesquecível. Você vai se apaixonar.

Nothing Hill em Milão Nothing Hill em Milão Nothing Hill em Milão Nothing Hill em Milão A Nothing Hill milanesa fica entre a Porta Venezia e a Porta Romana, a menos de dois quilômetros do duomo, numa ruazinha estreita onde não dá para estacionar, não tem barulho, nem trânsito.

Naquele pequeno ângulo de Milão reina o silêncio, a magia, as flores e as cores.

Provavelmente, você só virá a Milão uma vez, não deixe de conhecer o terraço do duomo, que tem uma das vistas mais bonitas da cidade e quase ninguém conhece, garanto que você vai adorar.

Endereço: via Abramo Lincoln.
Metrô: linha vermelha, estação San Babila.
Nothing Hill em Milão Nothing Hill em Milão Nothing Hill em Milão Nothing Hill em Milão

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.