O que fazer no Lago de Garda Itália

por · 09/09/2018

Com uma superfície de 370 quilômetros quadrados, o Garda é o maior lago italiano e está situado na Lombardia, no Vêneto e no Trentino-Alto Adige.

O Lago de Garda é muito frequentado no verão por alemães, ingleses, austríacos e italianos do norte, que vão para lá curtir as praias.

Pois é, para nós brasileiros parece estranho, mas as praias de pedra e água doce (gelada!) são disputadíssimas nos meses de calor, sobretudo, em julho e agosto.

Nós estivemos por ali durante uma semana em agosto e, embora não tenhamos nos animado com a ideia de fazer praia no lago, confesso que nos dias mais quentes era uma delícia tirar a sandália e brincar com o nosso filho com os pés na água.

Reserve aqui o seu passeio guiado pelo Lago de Garda.
Quando ir ao Lago de Garda

A primeira vez que nós visitamos o lago, foi em janeiro de 2017, no auge do inverno. Ventava bastante, algumas lojas e restaurantes estavam fechados, havia pouquíssimas pessoas circulando nas ruas, mas, sem dúvida nenhuma, o passeio valeu a pena.

Desta vez, fomos em agosto, no auge do verão de 2018 (no mês em que a maior parte dos europeus saem de férias) e adoramos. As cidades estavam movimentadas (sem superlotação) e o clima estava fantástico.Quanto tempo ficar no Lago de Garda

Para conhecer as cidades mais próximas a Milão (Sirmione, Desenzano e Peschiera), um dia é suficiente. Dá para fazer um bate e volta acordando cedo.

Para conhecer Salò, Limone sul Garda e Riva del Garda, durma por lá duas noites.

Não perca: tour de barco pelo Lago de Garda.

De Milão a Salò, são 130 quilômetros. De Salò a Limone, 35 quilômetros e de Limone à Riva, 11 quilômetros.

A estrada ao redor do lago é cheia de curvas e, em muitas partes, tem só uma pista de cada lado, ou seja, calcule pelo menos 45 minutos para percorrer 35 quilômetros.Como ir de Milão a Salò, Limone sul Garda e Riva del Garda

A melhor alternativa é ir de carro.

Não tem estação de trem nem em Salò, nem em Limone, nem em Riva del Garda.

A única estação de trem é em Desenzano.
Onde ficar no lago de Garda

O bacana é ficar numa das três cidadezinhas (eu me apaixonei por Salò), mas se o orçamento estiver apertado, a dica é ficar em Bréscia: os hotéis são mais baratos e a cidade é linda.O que fazer no lago de Garda

Nos meses de verão, o negócio é ir à praia, passear pela avenida beira lago, almoçar e jantar com vista para o lago e descansar.

Também vale a pena pegar um barco e conhecer outras cidades.

Salò, Limone sul Garda e Riva del Garda são muito, mas muito bonitas mesmo. É uma delícia passear por ali.Passeio de barco no lago de Garda

A companhia pública que circula pelas cidades do lago de Garda é a Navigazione Laghi.

O bilhete de Limone sul Garda para Riva del Garda custa € 10 (ida e volta) e o percurso dura pouco mais de meia hora.
Salò

Salò é a maior cidade da região oeste do lago de Garda e é conhecida por ter sido sede de alguns ministérios da República Social Italiana de Mussolini.

A avenida que beira o lago é um charme, é cheia de flores, hotéis, bares e restaurantes com vista para o lago.
Limone sul Garda

Limone sul Garda tem pouco mais de 1.000 habitantes e um cenário de tirar o fôlego.

É conhecida por ter a ciclovia mais bonita da Europa.

Os 12 quilômetros de ciclovia de Limone são só o começo. O projeto de 140 quilômetros de pista com vista para as cidades mais bonitas do lago de Garda está previsto para ser entregue em 2021.
Riva del Garda

Com quase 17.000 habitantes, Riva del Garda é conhecida como a pérola do lago de Garda e é frequentada pelos amantes de windsurfe, de barco à vela e dos ciclistas. Ainda sem hotel? Faça a sua reserva para Milão ou qualquer outra cidade do mundo por aqui.
Se você fizer a reserva utilizando a caixa do Booking abaixo, nós ganhamos uma comissão, assim, além de você conseguir um hotel bacana, pagando menos, ainda dá uma força para recompensar o trabalho do blog sem pagar nada a mais por isso, aliás, quem reserva pelo Booking recebe desconto em cima do preço normal do hotel. Quanto antes você fizer a sua reserva, mais baixos serão os preços.

Booking.com

Artigos relacionados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *