Janeiro em Milão

No mês de janeiro em Milão faz frio, a temperatura costuma oscilar entre menos três e dezesseis graus, os dias são mais curtos (o sol nasce às oito da manhã e se põe às cinco da tarde), mas os dias são prevalentemente ensolarados.

É gostoso sair para passear curtindo o sol e frio.

Para aproveitar o mês de janeiro em Milão, a dica é usar casacos, cachecóis e botas quentes, manter as extremidades aquecidas com luvas e gorros, e tomar bastante vinho e chocolate quente.

Nos dias 1º e 6 de janeiro é feriado na Itália, muitas lojas, muitos bares, restaurantes e museus fecham nesses dois dias.

Provavelmente, você só virá a Milão uma vez, não deixe de conhecer o terraço do duomo, que tem uma das vistas mais bonitas da cidade e quase ninguém conhece, garanto que você vai adorar.

O que vale a pena em janeiro em Milão

  • Até o dia 6 de janeiro, ainda dá para conferir a decoração de Natal e visitar os mercadinhos de Natal da praça do duomo, da praça Gae Aulenti, da Darsena e do parque Indro Montanelli.
  • Patinar no gelo em Navigli, o romântico bairro dos canais de Milão.
  • Aproveitar as grandes liquidações de inverno que começam no primeiro sábado de janeiro.
  • Comer o autêntico e delicioso panetone milanês.
  • Tomar muito vinho e chocolate quente para esquentar.
  • Visitar os museus que estão sempre quentinhos.

O lago de Como fica pertinho de Milão e é um dos lugares mais incríveis da Itália. Não perca a oportunidade de fazer um passeio de barco exclusivo por Varenna e Bellagio, simplesmente mágico, inesquecível. Você vai se apaixonar.

Janeiro em Milão Janeiro em Milão Janeiro em MilãoMostras em janeiro em Milão

Sotto l’ombra del Moro

Do dia 16 de maio ao 12 de janeiro de 2020 na Sala delle Asse no Museu de Arte Antiga do Castelo Sforzesco, um percurso multimídia guiará os visitantes através da obra grandiosa idealizada para celebrar Ludovico Il Moro.

Preço: 8 euros.
Local: Castelo Sforzesco.
Horário: de terça a domingo das 9:00 h. às 17:30 minutos.
De Chirico

A exposição do De Chirico no Palazzo Reale, que começou no dia 25 de setembro e vai até o dia 19 de janeiro de 2020, engloba as obras mais importantes da pintura metafísica realizadas pelo artista entre os anos de 1912 a 1940.

Preço: € 14.
Local: Palazzo Reale.
Horário: terças, quartas, sextas e domingos das 9:30 min. às 19;30 min., quintas e sábados das 9:30 min. às 22:30 min. e às segundas das 14:30 min. às 19:30 minutos.A coleção Thannhauser do museu Guggenheim de Nova Iorque 

Do dia 17 de outubro ao dia 20 de março de 2020, a coleção Thannhauser do museu Guggenheim de Nova Iorque composta de mais de 50 obras-primas de pintores como Picasso, Van Gogh, Edgar Degas, Édouard Manet, Claude Monet e Paul Cézanne estará exposta no Palazzo Reale.

Preço: € 14.
Local: Palazzo Reale.
Horário: terças, quartas, sextas e domingos das 9:30 min. às 19;30 min., quintas e sábados das 9:30 min. às 22:30 min. e às segundas das 14:30 min. às 19:30 minutos.De Pisis

Do dia 4 de outubro ao dia 1º de março de 2020, mais de 90 obras do pintor italiano Filippo de Pisis estarão expostas no museu del Novecento em Milão.

Preço: € 5.
Local: Museo del Novecento.
Horário: terças, quartas, sextas e domingos das 9:30 min. às 19;30 min., quintas e sábados das 9:30 min. às 22:30 min. e às segundas das 14:30 min. às 19:30 minutos.
Ainda sem hotel? Faça a sua reserva para Milão ou qualquer outra cidade do mundo por aqui.
Se você fizer a reserva utilizando a caixa do Booking abaixo, nós ganhamos uma comissão, assim, além de você conseguir um hotel bacana, pagando menos, ainda dá uma força para recompensar o trabalho do blog sem pagar nada a mais por isso, aliás, quem reserva pelo Booking recebe desconto em cima do preço normal do hotel. Quanto antes você fizer a sua reserva, mais baixos serão os preços.

Booking.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *