Curiosidades do museu de Arte Antiga do castelo Sforzesco em Milão

O patrimônio do museu de Arte Antiga do castelo Sforzesco em Milão é constituído, basicamente, de obras feitas com pedras: estátuas, memoriais, monumentos arquitetônicos e lápides.Uma das obras que mais chama a atenção dos visitantes é um baixo-relevo do século XII com uma mulher raspando os pelos púbicos.

As hipóteses relacionadas à imagem são a de que o baixo-relevo ficava na entrada de uma das antigas portas de Milão, a Porta Tosa ou Tonsa: tosa significa moça em dialeto milanês e tonsa vem do verbo tondersi, que significa aparar, cortar. Ou a de que a moça era a esposa de Federico Barbarossa, injuriada pelos milaneses por culpa do marido. Ou a de que se tratava da imagem de uma prostituta, visto que, por motivos de higiene, a prefeitura obrigava as meretrizes a rasparem os pelos púbicos. Ou a de que era uma deusa apotropaica, capaz de afastar malefícios e influências nefastas.

Tudo hipótese, o fato é que a representação não era nada comum naquela época.

Provavelmente, você só virá a Milão uma vez, não deixe de conhecer o terraço do duomo, que tem uma das vistas mais bonitas da cidade e quase ninguém conhece, garanto que você vai adorar.

O sino dos Savoia

O domínio da família Savoia na Lombardia ocorreu entre 1733 e 1736 e a única lembrança desse breve período de governo é o antigo sino (gigante) do castelo que alertava os moradores do perigo.

As inscrições em latino contam a história do sino dedicado ao rei da Sardenha.

Mesmo que você não entenda nada de pintura, não deixe de visitar o Cenáculo em Milão, A última ceia de Leonardo Da Vinci é uma obra-prima única no mundo, que deu início a uma nova era na história da arte.

O chafariz do dragão

Saindo do museu, você vai encontrar um chafariz com um dragão idêntico ao chafariz da praça Martiri della Libertà da cidade de Seregno.

Durante séculos, ninguém sabia qual dos dois era o original, até aparecer um terceiro elemento em mármore branco, construído no século XVI para os Sforza, no castelo de Vigevano.

O dragão não existia no modelo original, foi uma adaptação do arquiteto Luca Beltrami que, na verdade, fez três réplicas do chafariz quase quatro séculos mais tarde: a do castelo Sforzesco, a de Seregno e a da Villa Mirabello em Milão.

O lago de Como fica pertinho de Milão e é um dos lugares mais incríveis da Itália. Não perca a oportunidade de fazer um passeio de barco exclusivo por Varenna e Bellagio, simplesmente mágico, inesquecível. Você vai se apaixonar.

A janela que fica em cima do chafariz é a única janela original do castelo,  a única que sobreviveu às inúmeras restaurações e reconstruções.Horário de funcionamento: de terça a domingo das 9:00 h. às 17:30 minutos.
Ingresso: € 10.
Endereço: Piazza Castello.
Metrô: linhas vermelha e verde, estações Cairoli, Cadorna e Lanza.Ainda sem hotel? Faça a sua reserva para Milão ou qualquer outra cidade do mundo por aqui.
Se você fizer a reserva utilizando a caixa do Booking abaixo, nós ganhamos uma comissão, assim, além de você conseguir um hotel bacana, pagando menos, ainda dá uma força para recompensar o trabalho do blog sem pagar nada a mais por isso, aliás, quem reserva pelo Booking recebe desconto em cima do preço normal do hotel. Quanto antes você fizer a sua reserva, mais baixos serão os preços.

Booking.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *