As colunas de San Lorenzo em Milão

por · 07/05/2018

As colunas de San Lorenzo são da época em que os cavalos eram utilizados como meio de transporte e que Milão era a capital do Império Romano do Ocidente. São um dos monumentos mais antigos da cidade.

As 16 colunas de mármore com 8,5 de altura são um dos raros exemplares que sobraram da Milão imperial. Alguns milaneses dizem que são 17, que a coluna pequena em cima das outras grandes também conta.

Confira as dicas de passeio guiado em Milão e faça a sua reserva aqui.Colonne di San Lorenzo Milão Colonne di San Lorenzo em MilãoAinda sem hotel em Milão? Confira as ofertas aqui.

Não se sabe ao certo de que parte da cidade elas vieram, nem como foram transportadas até ali, especula-se que tenham vindo de um templo pagão que ficava na praça Santa Maria Beltrade ou das termas do imperador Maximiano no largo Corsia dei Servi .

As colunas ficam na corso di Porta Ticinese, 35, em frente à basílica de San Lorenzo Maggiore, uma das mais antigas de Milão.

Em frente à basílica, tem uma estátua do imperador Costantino, que promulgou o Édito de Milão, determinando que o Império Romano seria neutro em relação às crenças religiosas e acabando com as perseguições.
Colonne di San Lorenzo em MilãoAinda sem hotel? Faça a sua reserva para Milão ou qualquer outra cidade do mundo por aqui.
Se você fizer a reserva utilizando a caixa do Booking abaixo, nós ganhamos uma comissão, assim, além de você conseguir um hotel bacana, pagando menos, ainda dá uma força para recompensar o trabalho do blog sem pagar nada a mais por isso, aliás, quem reserva pelo Booking recebe desconto em cima do preço normal do hotel. Quanto antes você fizer a sua reserva, mais baixos serão os preços.

Booking.com

Artigos relacionados:

1 Comentário

  1. 31/08/2018

    […] frente à basílica de San Lorenzo, está um dos monumentos mais antigos da cidade: as históricas colunas de San Lorenzo. Para fechar com chave de ouro, o bairro […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *