Um pouco de futebol, de política e da Copa do Mundo no Brasil

by · 30/07/2014

Copa do Mundo no Brasil

Hoje eu decidi tornar pública a minha resposta porque, passado quase 1 mês do encerramento da Copa do Mundo, eu não aguento mais responder à italianada a mesma pergunta: Você, enquanto brasileira, ficou com vergonha da goleada que o Brasil levou da Alemanha nas semifinais?

Não, sinceramente, eu não tenho a menor vergonha dos 7 gols que nós tomamos da Alemanha na Copa. Fiquei com vergonha do desempenho da equipe brasileira no jogo contra o Chile, mas quer saber o que me deixou mesmo envergonhada?

  • O suposto superfaturamento de pelo menos R$3 bilhões em reformas nos aeroportos brasileiros;
  • o suposto superfaturamento de R$749 milhões na construção da Arena da Amazônia e na implantação do monotrilho;
  • o suposto superfaturamento de R$431 milhões no estádio Mané Garrincha em Brasília;
  • o suposto superfaturamento de R$67,3 milhões nas obras do Maracanã no Rio de Janeiro;
  • o suposto superfaturamento de R$2,5 milhões na reforma do Complexo Esportivo do Gama, conhecido como COT (Centro Oficial de Treinamento), também em Brasília.
  • o fato de o custo da reforma do Mineirão em Belo Horizonte ter sofrido um acréscimo de R$195 milhões em 6 anos;
  • o fato de a reforma e a ampliação da Arena da Baixada em Curitiba ter custado R$326,7 milhões;
  • o fato de o custo da reforma do Castelão em Fortaleza ter sofrido um acréscimo de R$118,6 milhões em 6 anos;
  • o fato de o custo da construção da Arena das Dunas em Natal ter sofrido um acréscimo de R$100 milhões em 6 anos;
  • o fato de o custo da reforma do estádio Beira-Rio em Porto Alegre ter saltado dos R$30 milhões para os R$270 milhões em 6 anos;
  • o fato de o custo da construção da Arena Pernambuco em Recife ter saltado dos R$235 milhões para os R$532,6 milhões em 6 anos;
  • o fato de o custo da reconstrução do estádio Fonte Nova em Salvador ter sofrido um acréscimo de R$439,4 milhões em 6 anos;
  • o fato de a construção do estádio do Corinthians em São Paulo ter custado R$800 milhões.

Ou seja, fiquei envergonhada do suposto superfaturamento em todos os estádios do Brasil. Fiquei com vergonha do montante investido pelo Brasil na Copa do Mundo. Fiquei com vergonha de ter que escrever suposto em todos os superfaturamentos porque, segundo o princípio da previsão da inocência (artigo 5º da Constituição Federal), ninguém pode ser considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória e, como bem sabemos, não haverá culpados. Fiquei com vergonha do fato de 9, dentre os 12 estádios brasileiros reformados para a Copa do Mundo de 2014, integrarem a lista dos 25 estádios mais caros das últimas 4 Copas do Mundo. Fiquei com vergonha dos R$25,6 bilhões (ou seriam em torno dos R$50 bilhões?), declarados pelos nossos incorruptos governantes, gastos com a Copa.
E os italianos ainda acham que o grande problema, que a grande vergonha foram os 7×1, fala sério.

Ainda sem hotel? Faça a sua reserva para Milão ou qualquer outra cidade do mundo por aqui.
Se você fizer a reserva utilizando a caixa do Booking abaixo, nós ganhamos uma comissão, assim, além de você conseguir um hotel bacana, pagando menos, ainda dá uma força para recompensar o trabalho do blog sem pagar nada a mais por isso, aliás, quem reserva pelo Booking recebe desconto em cima do preço normal do hotel. Quanto antes você fizer a sua reserva, mais baixos serão os preços.


Booking.com

Artigos relacionados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *