Turismo em Lugano Suíça

by · 13/09/2017

Lugano fica no sul da Suíça, a 80 quilômetros de Milão.

Com quase 70.000 habitantes, está entre as dez cidades mais populosas do país.

A impressão que se tem ao chegar na cidade, é que Lugano faz parte da Itália: a língua oficial é o italiano, grande parte dos restaurantes são italianos e o cartão postal da cidade, o lago, é muito parecido com os lagos italianos.

A diferença entre a Itália e a Suíça está nos preços.

Sim, assim como todas as outras cidades suíças, Lugano é uma cidade cara. Linda, porém cara para os padrões italianos.
Como ir de Milão a Lugano

O trajeto de Milão a Lugano de carro dura pouco mais de uma hora.

O pedágio na Itália custa em torno de € 12. Para circular pelas estradas suíças você deverá comprar um adesivo no valor de € 40, que é o pedágio suíço válido durante todo o ano da compra.

Tem um bar na estrada, antes da fronteira, que vende o adesivo (bollino svizzera).

O trem de Milão a Lugano custa em torno de € 25 e leva uma hora e quinze para fazer o percurso.
Quando ir a Lugano

Não tem alta nem baixa estação em Lugano, se você gosta do frio, os meses de novembro a fevereiro são ideais. Para quem é fã do verão, os meses de junho a setembro são os melhores.

Nos meses de março, abril, maio e outubro, a temperatura é bem agradável.
O que fazer em Lugano

A cidade é linda, tranquila e bem pequeninha, dá para fazer tudo a pé em um dia.

Nós começamos pelo lago de Lugano, que parece uma miniatura do lago de Genebra, inclusive tem um jato de água de 50 metros de altura, além da vista para os montes Brè e San Salvatore. Para completar, a paisagem outonal deixou a caminhada ainda mais charmosa.
O Monte Brè tem 933 metros de altura e, além da vista panorâmica da cidade, você vai encontrar um restaurante e um museu lá em cima.

O funicular sai das estações Ruvigliana e Cassarate e custa CHF 25 (ida e volta) por pessoa. Por CHF 35, além do bilhete de ida e volta, você terá o almoço incluído no pacote.

Com 912 metros de altura, o Monte San Salvatore é conhecido como o Pão de Açúcar suíço.

A vista do monte San Salvatore é incrível, embora não se compare à do Pão de Açúcar, abriga uma igreja, um museu e um restaurante.

O funicular fica pertinho da estação Paradiso e custa CHF 30 (ida e volta) por pessoa. Por CHF 32, além do bilhete de ida e volta, você terá o almoço incluído no pacote.

A nossa primeira parada foi na cafeteria Grand Cafe al Porto, uma das cafeterias mais tradicionais da cidade, onde tomamos um café, um cappuccino, uma água e experimentamos dois bolos deliciosos pela módica quantia de CHF 28.

O Grand Cafe al Porto foi fundado em 1803 e, durante muito tempo, foi ponto de encontro dos políticos, artistas e intelectuais de Lugano. O ambiente é muito aconchegante e silencioso, é praticamente impossível ouvir a voz das pessoas conversando na mesa ao lado.
Com uma sala destinada a concertos e peças de teatro e um museu, o LAC (Lugano Arte e Cultura) é o centro cultural da cidade.

O LAC tem 29.000 quadrados e começou a ser construído em 2010. A sala dedicada a concertos e peças de teatro tem 1.000 lugares e o museu, 2.500 metros quadrados.
A praça principal de Lugano é a piazza della Riforma, com edifícios charmosos e diversas opções de bares e restaurantes. Para fazer compras, a dica é a via Nassa, que é a rua oficial de compras de luxo da cidade. Mesmo que o teu objetivo não seja fazer compras, vale a pena passear por ali.

Se você for de carro, outra opção para fazer compras é o outlet Foxtown, que fica em Mendrisio, uma cidadezinha que fica a 20 quilômetros de Lugano.

O parque Ciani fica pertinho do centro, tem vista para o lago e é considerado um dos parques mais bonitos da Suíça. A entrada é gratuita.

As principais igrejas de Lugano são a catedral San Lorenzo, a igreja Santa Maria degli Angioli e a igreja San Rocco.

Para finalizar, o cassino de Lugano, além da área de jogos, tem bar, restaurante e discoteca.
Ainda sem hotel? Faça a sua reserva para Milão ou qualquer outra cidade do mundo por aqui.
Se você fizer a reserva utilizando a caixa do Booking abaixo, nós ganhamos uma comissão, assim, além de você conseguir um hotel bacana, pagando menos, ainda dá uma força para recompensar o trabalho do blog sem pagar nada a mais por isso, aliás, quem reserva pelo Booking recebe desconto em cima do preço normal do hotel. Quanto antes você fizer a sua reserva, mais baixos serão os preços.

Booking.com

Artigos relacionados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *