Tudo o que você precisa saber sobre as companhias aéreas low cost europeias

by · 17/04/2016

As principais companhias aéreas low cost europeias, e que oferecem o maior número de voos da Itália para o resto da Europa, são a Easyjet e a Ryanair.

Na Itália, a Easyjet opera em Milão, Veneza, Verona, Roma, Nápoles, Sardenha e Sicília.
Em Milão, os voos partem dos aeroportos Linate e Malpensa.
De Linate, os destinos são apenas três: Amsterdã, Londres e Paris.
De Malpensa, as opções são: Alemanha, Espanha, Países Baixos, Grécia, França, Israel, Estônia, Croácia, Egito, Marrocos, Reino Unido, Malta, República Tcheca, Bélgica, Chipre, Dinamarca, Polônia, Ilhas Canárias, Portugal, Luxemburgo e Itália (Sardenha, Sicília, Roma e Nápoles).

A maior parte dos voos da Ryanair sai de Bérgamo, não de Milão.
De Malpensa, os destinos da Ryanair são: Bulgária, Bélgica, Espanha, Itália (Sicília), Portugal (Porto), Reino Unido e Romênia.

Foto: http://cdn2.gbtimes.com

Foto: http://cdn2.gbtimes.com

Tudo o que você precisa saber sobre a Easyjet e a Ryanair

  • Para conseguir voos a preços baixos, o negócio é comprar as passagens com antecedência. Se deixar para comprar em cima da hora, vale a pena conferir os preços das companhias aéreas tradicionais.
  • Comprando com antecedência, as passagens para Londres e Paris na Easyjet, saindo de Malpensa, custam a partir de  € 23 (o trecho) na baixa temporada. A Ryanair vende passagens de Bérgamo a Paris a partir de  € 13 e de Malpensa a Londres a partir de €  17.
  • Tudo o que é servido no avião é pago: água, café, lanches, chocolate, etc.. As opções de comida e os preços constam no cardápio.
  • Cada passageiro tem o direito de embarcar com uma bagagem de mão no tamanho máximo de 55 cm x 45 cm x 25 cm (sem limite de peso) na Easyjet e uma mala de até 55 cm x 40 cm x 20 cm (máximo 10 quilos) mais uma bolsa de até 35 cm x 20 cm x 20 cm na Ryanair.
    Na Easyjet só é permitido um volume: bolsas, mochilas e sacolas devem ser colocadas dentro da mala.
  • Bagagem de mão não significa que a mala irá na cabine com você. Os aviões não têm espaço na cabine para todas as bagagens de mão, ou seja, os passageiros que embarcam primeiro, entram com as malas, a outra metade tem que despachar a bagagem, gratuitamente, durante o embarque.
  • Adicione as bagagens de porão quando estiver comprando as passagens, o preço cobrado nos aeroportos é bem superior às tarifas aplicadas on line.
    Na Ryanair, você pode adicionar a bagagem de porão só na ida, só na volta ou na ida e na volta. A taxa de bagagem on line para uma mala de até 15 quilos  é de  € 20, no aeroporto  € 35.
    Na Easyjet, a bagagem de porão adicionada é obrigatoriamente para os dois trechos, não dá para comprar separado. A taxa de bagagem on line para uma mala de até 20 quilos  é de, aproximadamente,  € 20, no aeroporto  € 45.
  • A escolha da poltrona no avião custa em torno de € 5 por pessoa por trajeto. Quando não marcados, os números dos assentos só são atribuídos após o check in.
  • Preste atenção na localização dos aeroportos da Ryanair: às vezes sai mais barato comprar a passagem com uma companhia aérea tradicional que desembarca num aeroporto bem localizado e com diversas opções de transporte para o centro da cidade, do que desembarcar num aeroporto distante do centro e com poucas opções de transporte.
    Leia o nome da cidade onde irá embarcar e desembarcar, confira o nome do aeroporto, a localização e as opções de meios de transporte.
  • Faça o check in on line e salve o cartão de embarque no seu celular, assim você não terá que enfrentar fila para receber o cartão de embarque e garantirá o seu lugar no voo em casos de overbooking (quando as companhias aéreas vendem mais lugares do que os disponíveis no avião).
    Outro bom motivo para fazer o check in on line: a Ryanair e a Easyjet cobram uma tarifa de quem não faz o check in on line.
  • A tarifa cobrada no caso de perda do voo para embarcar no próximo voo disponível é de € 100 na Ryanair e de € 110 na Easyjet.
    Na Ryanair essa tarifa é válida para os passageiros que chegarem à bilheteria entre 40 minutos e uma hora após a partida do voo. Na Easyjet, o limite são até duas horas depois da hora de partida prevista do voo.
  • Normalmente, as taxas de mudança de voo custam mais caro do que as passagens, ou seja, não vale a pena mudar o bilhete, sai mais barato comprar outro. Também não espere receber o dinheiro de volta no caso de cancelamentos, o valor pago servirá para cobrir a taxa administrativa.

Ainda sem hotel? Faça a sua reserva para Milão ou qualquer outra cidade do mundo por aqui. Se você fizer a reserva utilizando a caixa do Booking abaixo, nós ganhamos uma comissão, assim, além de você conseguir um hotel bacana, pagando menos, ainda dá uma força para recompensar o trabalho do blog sem pagar nada a mais por isso, aliás, quem reserva pelo Booking recebe desconto em cima do preço normal do hotel. Quanto antes você fizer a sua reserva, mais baixos serão os preços.

Booking.com

Artigos relacionados:

2 Comentários

  1. Patricia disse:

    Que ótimo post, Simone!
    Vale lembrar também que a Ryanair cobra uma multa de 70 ou 80 euros (não lembro exatamente o valor) de quem não fizer o check in online, por isso é praticamente obrigatório fazê-lo. Mesmo que o valor fosse somente 10 euros, já seria um absurdo!
    Beijos
    Patricia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *