Por que os italianos moram na casa dos pais até os 34 (ou mais) anos?

by · 08/05/2016

Quase todos os meus amigos italianos com mais de 30 anos moram com os pais. As exceções são os que saíram da casa dos pais para trabalhar em outras cidades ou em outros países, e os casados.

A regra por aqui, para homens e mulheres, é sair da casa dos pais só depois do casamento.

Um amigo meu de Nápoles, solteiro, decidiu abandonar o ninho aos 36 anos. A mãe dele, que perguntava todo o santo dia o que ele queria comer no almoço e na janta e cuidava da organização e limpeza das coisas dele, ficou inconsolável, não entendia o porquê da decisão tão radical, o porquê sair de casa para morar na mesma cidade. Afinal, o que ela tinha feito de errado?

Quando pergunto aos meus amigos, acima dos 35 anos, por que eles ainda moram com os pais, a resposta é sempre muito natural: Por que eu deveria sair de casa?

Ok, por um lado, eles têm comida pronta todos os dias, roupinha sempre lavada e passada, casa limpa, liberdade de ir e vir, não têm que se preocupar com contas, nem idas ao supermercado e ainda juntam dinheiro.

Mas analisando por outro lado: eles já estão praticamente na meia-idade! Não têm vontade de ter a própria casa? De poderem fazer o que quiserem na própria casa?

Por que os italianos saem cada vez mais tarde da casa dos pais

Foto: futuroquotidiano.com

Os números

De acordo com os dados divulgados pela Eurostat (Gabinete de estatísticas da União Europeia), 46,6% dos italianos com idade entre 25 e 34 anos moram com os pais.

No Reino Unido, a porcentagem é de 14,4%.

Nos Estados Unidos, 13,9% e na França, a porcentagem cai para 11,5%.

Algumas hipóteses

Para o sociólogo italiano Alberoni, os italianos demoram para sair da casa dos pais porque as casas italianas são bonitas, bem decoradas, confortáveis e têm sempre a mesa posta, ao contrário das casas inglesas, que normalmente são decadentes, sujas, mal decoradas, onde as pessoas, desprovidas de uma cultura gastronômica, têm o hábito de abrir a geladeira e comer a primeira coisa que encontram.
Ou seja, provavelmente as casas francesas sejam como as inglesas, sujas, decadentes e mal decoradas, visto que no país da culinária mais famosa do mundo, apenas 11,5% dos jovens com idade entre os 25 e os 34 anos moram com os pais.

Outra teoria é a de que nos países católicos e ortodoxos, os pais tendem a exagerar na proteção dos filhos.
Os dados: em 2010, a porcentagem de católicos na Itália era de 81,2%, nos Estados Unidos era de 24,3%, no Reino Unido era menos de 10% e na França, contrariando as expectativas, era de 60,4%.

O fator desemprego: a porcentagem de italianos desempregados entre os 25 e os 34 anos gira em torno dos 19%, no entanto, a porcentagem de italianos que trabalha, mas vive com os pais, supera os 60%.

A hipótese mais provável: os italianos são muito apegados à família, ao bairro e à cidade natal. Só saem de casa quando se casam. E é a mulher quem comanda a família, os filhos e a casa. No entanto, como as mulheres passaram a estudar mais e a investir na carreira, os italianos estão saindo cada vez mais tarde da casa dos pais.

Por que os italianos moram na casa dos pais até os 34 (ou mais) anos?

Foto: winenews.it

Ainda sem hotel? Faça a sua reserva para Milão ou qualquer outra cidade do mundo por aqui. Se você fizer a reserva utilizando a caixa do Booking abaixo, nós ganhamos uma comissão, assim, além de você conseguir um hotel bacana, pagando menos, ainda dá uma força para recompensar o trabalho do blog sem pagar nada a mais por isso, aliás, quem reserva pelo Booking recebe desconto em cima do preço normal do hotel. Quanto antes você fizer a sua reserva, mais baixos serão os preços.

Booking.com

Artigos relacionados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *