Parques e Jardins

Parques e Jardins
by · 07/05/2014

Para os amantes do esporte, os parques são uma boa pedida para correr, caminhar ou andar de bicicleta, para os sedentários, um bom lugar para descansar, admirar a paisagem ou fazer um piquenique. Por que não um piquenique? Em Milão tudo é permitido.
Mesmo que você não seja muito fã de parques, uma caminhada pelo Parco Sempione é obrigatória.

1 – Parque Sempione
O que fazer em Milão em 2 dias O Parque Sempione perto do Castelo Sforzesco de Milão
É o maior parque em estilo inglês de Milão. Foi projetado por Emilio Alemagna e está localizado na antiga Piazza d’Armi entre o Castello Sforzesco e a Piazza Sempione.
Na verdade, o parque é o que restou do Grande Parco Ducale da corte Visconti e Sforza e seu nome deriva de Sempione, estrada monumental construída no final do século XIX (era napoleônica), que termina no Arco da Paz.
Na área do parque encontram-se o Palazzo dell’Arte, a Biblioteca del Parco, o pavilhão do Acquario Civico e a Torre del Parco ou Torre Littoria, projetada por Giò Ponti em 1932.Entre as esculturas, destacam-se o monumento em homenagem a Napoleão III, a Storia della Terra de Antonio Paradiso, a Accumulazione musicale de Armand Pierre Fernandez e os Bagni misteriosi de Giorgio De Chirico.

Pontos de interesse em Milão O Parque Sempione

Parque Sempione

Horário de funcionamento: de outubro a abril das 6:30 min. às 21:00 h. e de maio a setembro das 6:30 min. às 23:30 minutos. Entrada gratuita.
Endereço: Via Pagano, via Bertani, Piazza Castello, viale Elvezia, viale Milton, viale Gladio, viale Alemagna e viale Legnano.
Metrô: linhas vermelha e verde, estações Caroli, Cadorna e Lanza.

2 – Giardino della Guastalla

Giardino della Guastalla

Em pleno centro da cidade, entre a Universidade Estadual de Milão e o hospital Politécnico, o parque é muito frequentado por estudantes universitários e trabalhadores, que aproveitam o jardim para fazer uma pausa, almoçar, ler, descansar, conversar ou tomar um café em meio à área verde e aos pássaros.
Além de um parquinho para as crianças, abriga um charmoso lago em estilo barroco, algumas estátuas do século XVII e um pequeno templo de Cagnola.

Horário de funcionamento: diariamente – janeiro e fevereiro das 7:00 h. às 19:00 h.,março das 7:00 h. às 20:00 h., abril das 7:00 h. às 21:00 h., maio a setembro das 7:00 h. às 22:00 h., outubro das 7:00 h. às 21:00 h. e novembro e dezembro das 7:00 h. às 19:00 horas.
Endereço: Via Francesco Sforza, via San Barnaba e via Guastalla.ù
Metrô: linha amarela, estação Crocetta.

 3 – Giardini Pubblici Indro Montanelli
Os-principais-palácios-de-Milão-Turismo-na-Itália-Palácio-Dugnani-em-Milão

O jardim, projetado pelo arquiteto Piermarini no final do século XVIII, tem uma superfície de 172.000 metros quadrados e abriga o Palazzo Dugnani, o Museo Civico di Storia Naturale e o Planetario Ulrico Hoepli.
Localizado no centro, o parque recebe um público bastante heterogêneo, de corredores e ciclistas aos amantes do piquenique no verde.

Horário de funcionamento: diariamente – janeiro e fevereiro das 6:30 min. às 20:00 h., março e abril das 6:30 min. às 21:00 h., maio das 6:30 min. às 22:00 h., junho a setembro das 6:30 min. às 23:30 min., outubro das 6:30 min. às 21:00 h. e novembro e dezembro das 6:30 min. às 20:00 horas.
Endereço: Bastioni di Porta Venezia, via Francesco Manin, via Palestro e corso Venezia.
Metrô: linha vermelha, estações P.ta Venezia e Palestro.

4 – Giardino della Villa Belgiojoso Bonaparte (ou Vila Real)
Pontos de interesse em Milão Giardino della Villa Belgiojoso Bonaparte
Projetado em 1790 pelo arquiteto Leopold Pollack a pedido do conde Ludovico Barbiano di Belgiojoso, foi o primeiro jardim em estilo romântico de Milão.
O parque esteve nas mãos de Bonaparte e dos austríacos até ser incorporado ao patrimônio do munícipio em 1919.
Com uma superfície de 19.000 metros quadrados, hospeda a Galleria d’Arte Moderna (GAM) e é vizinho ao Padiglione d’Arte Contemporanea (PAC).
O jardim é bem pequeno e fica em frente ao Giardini Pubblici Indro Montanelli, é frequentado por turistas e por pessoas que trabalham por perto e aproveitam a pausa na hora do almoço para comer e conversar no verde.

Horário de funcionamento: de abril a outubro das 9:00 h. às 19:00 horas e de novembro a março das 9:00 às 16:00 horas.
Endereço: Via Palestro
Metrô: linha vermelha, estação Palestro.

5 – Parque Giovanni Paolo II ou Parco delle basiliche
Pontos de interesse em Milão Parque Giovanni Paolo II ou Parco delle basiliche
O parque, projetado por Pier Fausto Bagatti Valsecchi e Antonio Grandi, localiza-se entre as basílicas San Lorenzo Maggiore e Sant’Eustorgio e dispõe de uma superfície de mais de 40.000 metros quadrados.

Horário de funcionamento: diariamente – de outubro a abril das 6:30 min. às 21:00 horas, de maio a setembro das 6:30 min. às 23:00 horas.
Endereço: via Molino delle Armi, Piazza della Vetra, via Vetere e via Santa Croce.
Metrô: linhas verde e amarela, estações S. Ambrogio e Missori.

Ainda sem hotel? Faça a sua reserva para Milão ou qualquer outra cidade do mundo por aqui.
Se você fizer a reserva utilizando a caixa do Booking abaixo, nós ganhamos uma comissão, assim, além de você conseguir um hotel bacana, pagando menos, ainda dá uma força para recompensar o trabalho do blog sem pagar nada a mais por isso, aliás, quem reserva pelo Booking recebe desconto em cima do preço normal do hotel. Quanto antes você fizer a sua reserva, mais baixos serão os preços.

 

Booking.com

Autor: Simone Betoni

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *