O que fazer em Trento Itália

by · 20/11/2016

A cidade de Trento tem em torno de 120.000 habitantes e fica a pouco mais de 220 quilômetros de Milão.
Elo entre a Europa germânica e latina, a cidade fala alemão e preserva a sua história nos monumentos e nas antigas tradições em um cenário de beleza natural incomparável.
Como ir de Milão a Trento: de Milão a Trento de carro são, aproximadamente, 220 quilômetros e € 15 de pedágio.
Os bilhetes de trem custam entre € 18 e € 48 (ida), dependendo da antecedência com que forem comprados, e o trajeto dura em torno de três horas.

Um pouco de história: a origem de Trento remonta ao século I a.C..

Em 81 a.C., foi conquistada pelos romanos.

Na Idade Média, após o domínio Lombardo, passou para as mãos dos alemães.

Em 982, passou a fazer parte do Sacro Império Romano-Germânico.

Em 1027, tornou-se a capital administrativa do Principado Episcopal de Trento, que durou até 1803.

No século XVI, entrou para a história ao sediar o Concílio de Trento, uma reação da igreja católica, conhecida como Contrarreforma, que tinha como objetivo combater a expansão da Reforma Protestante.

Entre os séculos XVIII e XIX, foi dominada pelos Habsburgo, unindo a Europa germânica ao mundo latino. No decorrer dos séculos, foi governada por diversos príncipes-bispos, a maior parte de origem germânica.

Os principais pontos turísticos de Trento: na praça Dante, em frente à estação de trem, o destaque é a estátua de Dante Alighieri em homenagem ao grande poeta italiano.
A praça principal é a praça do duomo, onde concentram-se grande parte dos bares e restaurantes e os principais monumentos da cidade como a torre cívica, os palácios Pretorio e Balduini, a casa Cazuffi, o museu diocesano e o duomo de Trento (a catedral de San Vigilio), que foi sede do histórico Concílio de Trento entre os anos de 1545 e 1563.
O palácio Roccabruna abriga a enoteca provincial de Trentino que, além de contar a história do vinho da região, oferece diferentes percursos enogastronômicos.

O castelo del Buonconsiglio fica fora do centrinho, em torno de 800 metros de distância, e conserva uma vasta coleção de pinturas, esculturas, afrescos e objetos que documentam os acontecimentos históricos e artísticos da cidade.
Dicas: os pratos típicos de Trento são a polenta, servida com diversos molhos; o goulash; os canederli (nhoque feito com pão, especiarias e toucinho) e o strudel de maçã.
Para os cervejeiros de plantão, a dica é a cervejaria Forsterbrau, que serve diversos tipos da cerveja Forst (fabricada na região) e pratos típicos.
No final de novembro até o começo de janeiro, tem mercadinho de Natal nas praças Fiera e Battisti com produtos de artesanato, comidas típicas e muita cerveja e vinho quente.
Ainda sem hotel? Faça a sua reserva para Trento, para Milão ou qualquer outra cidade do mundo por aqui.
Se você fizer a reserva utilizando a caixa do Booking abaixo, nós ganhamos uma comissão, assim, além de você conseguir um hotel bacana, pagando menos, ainda dá uma força para recompensar o trabalho do blog sem pagar nada a mais por isso, aliás, quem reserva pelo Booking recebe desconto em cima do preço normal do hotel. Quanto antes você fizer a sua reserva, mais baixos serão os preços.



Booking.com

Artigos relacionados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *