O que fazer em Milão em 1 dia

by · 09/05/2014

Milão é uma cidade grande, tem muita coisa para se fazer por aqui, dá para passar 1 semana ou mais em Milão e descobrir coisas novas todos os dias. No entanto, eu sei que muita gente viaja com o intuito de conhecer muitas cidades em pouco tempo, ou seja, uma vez que se chega a Itália, é hora de aproveitar e correr contra o tempo. Também sei que, assim como eu, ninguém quer perder os principais pontos turísticos da cidade e a boa notícia é que em Milão, as grandes atrações turísticas concentram-se no centro histórico.

Palácios Arengario e Real

Palácios Arengario e Real

O principal monumento de Milão é, indiscutivelmente, o Duomo, que fica na praça central da cidade.
O que fazer em Milão Centro de Milão O Duomo de Milão

O percurso que eu sugiro, tem a catedral como ponto de partida, depois sigo uma sequência geográfica de acordo com a proximidade dos outros pontos turísticos para otimizar o passeio.
De costas para a entrada principal da catedral, num raio de menos de 700 metros, você encontrará, à sua esquerda: o Palazzo dell’Arengario, que abriga o museu del Novecento, e o Palazzo Reale, importante centro cultural sede de mostras e exposições; à sua direita, a bela Galleria Vittorio Emanuele II com lojas, cafés e restaurantes conceituados, a praça Scala, onde estão localizados o histórico Teatro alla Scala, a estátua de Leonardo da Vinci, as Gallerie d’Italia, museu (gratuito) dedicado à arte italiana dos séculos XIX e XX e o Palazzo Marino. O Luini Panzerotti e a pizzaria Spontini ficam na via Santa Radegonda, a menos de 200 metros da praça Scala.

Galeria Vittorio Emanuele II

Galeria Vittorio Emanuele II

Teatro alla Scala

Teatro alla Scala

Gallerie d'Italia

Gallerie d’Italia

Palácio Marino

Palácio Marino

Continuando a caminhada pela Corso Vittorio Emanuele II, a rua clássica do passeio no centro, você passará pela Rinascente, uma loja de departamentos gigante, pela basílica San Carlo al Corso e terminará na Chiesa di San Babila na Corso Venezia, que é a porta de entrada do quadrilátero da moda ou quadrilátero do ouro, a região mais fashion de Milão, dedicada às compras de luxo. Não deixe de conferir a Casa degli Omenoni e de passar pelo  Castello Sforzesco.
Seguindo pela rua degli Omenoni, em direção ao castelo Sforzesco, a menos de 700 metros, começa o elegante bairro Brera, que além de oferecer ótimas opções de bares e restaurantes, abriga a Pinacoteca de Brera e a histórica igreja San Marco.

Corso Vittorio Emanuele II

Corso Vittorio Emanuele II

Casa degli Omenoni

Casa degli Omenoni

Castelo Sforzesco

Castelo Sforzesco

O castelo Sforzesco, além de ser um importante centro cultural, é um dos pontos turísticos mais simbólicos de Milão.
A menos de 2 quilômetros do castelo, surge a badalada corso Como, com inúmeras opções de bares, restaurantes e a conceitual 10 Corso Como. Ainda na corso Como, é impossível ficar indiferente ao arranha-céu da Unicredit, projetado por Cesar Pelli, localizado na praça Gae Aulenti, assim como aos belos edifícios residenciais de Porta Nuova, o bairro mais moderno da cidade.

Torre Unicredit

Torre Unicredit

Agora é hora de pegar um ônibus ou metrô e ir ao bairro Navigli fazer um aperitivo.
Para conhecer os canais, o foco é o Naviglio Grande e o Naviglio Pavese.

>>> Reserve o seu hotel em Milão aqui

O Bairro NavigliAinda sem hotel? Faça a sua reserva para Milão ou qualquer outra cidade do mundo por aqui.
Se você fizer a reserva utilizando a caixa do Booking abaixo, nós ganhamos uma comissão, assim, além de você conseguir um hotel bacana, pagando menos, ainda dá uma força para recompensar o trabalho do blog sem pagar nada a mais por isso, aliás, quem reserva pelo Booking recebe desconto em cima do preço normal do hotel. Quanto antes você fizer a sua reserva, mais baixos serão os preços.


Booking.com

 


Autor: Simone Betoni

Artigos relacionados:

12 Comentários

  1. andreia dias de lima disse:

    boa tarde, vou desbarcar em Milão no dia 08 de julho vou ficar por 3 dias, gostaria de saber o que fazer primeiro.
    você pode me dar dicas e como economizar, e saber se o transporte público

  2. Silvia Veiga disse:

    VIndo de Veneza, vale a pena ficar um dia e meio em Milão? Dá prá ver o estádio de futebol ou é muito longe?

  3. carlos chiappin disse:

    vou estar em milão 7 janeiro 2017. não estou conseguindo comprar 2 lugares no atmosfera bonde, pois a reserva é apenas p 4 lugares no site. tem outra forma?

  4. Leidiane Marinho disse:

    Vou ter um dia em Milão vindo de Veneza! Você sugere visitar a Última Ceia no início da manha ou a tarde?? Parabéns pelo blog, ajuda muito nós viajantes! Abs.

    • Simone Betoni disse:

      Olá Leidiane, obrigada. O horário tanto faz, o importante é comprar os bilhetes com antecedência. A última ceia é a atração mais procurada de Milão, os bilhetes são bastante concorridos.
      Abraço,

  1. 12/08/2014

    […] circuito básico (obrigatório) é o que você irá fazer a pé no centro da cidade (O que fazer em Milão em 1 dia), depois disso, existem inúmeras outras […]

  2. 17/11/2014

    […] – Não há nada mais milanês, mais típico, do que fazer um aperitivo. Mesmo quem vem a Milão só por 1 dia, não pode deixar de fazer um aperitivo por […]

  3. 08/12/2014

    […] Milão? Depende de quantos dias você irá ficar por aqui. Se for 1 dia, dê uma olhada no artigo O que fazer em Milão em 1 dia. Se forem 2 dias, confira O que fazer em Milão em 2 dias. Mas o legal de vir a Milão em […]

  4. 15/12/2014

    […] noite milanesa? Inclua o Nottingham Forest nele. As perguntas que eu mais respondo aqui no blog é o que fazer em Milão em 1 dia e quais são os principais pontos turísticos da cidade e o que eu recomendo, em ambos os casos, […]

  5. 02/06/2015

    […] em média 15 horas, amanhecem mais cedo e as noites chegam mais tarde, em torno das 21:00 horas. Em 15 horas, dá pra fazer muita coisa em […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *