Dicas das Cinque Terre Itália

by · 08/10/2017

Tombadas como patrimônio mundial da humanidade pela Unesco em 1997, as cinco terras formadas pelas aldeias de Monterosso, Vernazza, Corniglia, Manarola e Riomaggiore são o ponto turístico mais característico, fascinante e visitado da região da Ligúria.

No total, as cinco terras têm menos de 4.500 moradores, mas recebem milhões de turistas o ano todo.Onde ficam as Cinque Terre

As Cinque Terre ficam na Ligúria no noroeste da Itália.

A capital da região é Gênova.

De Gênova a Cinque Terre são quase 90 quilômetros.

Da Estação Central de La Spezia a Riomaggiore são 12 quilômetros.

De Riomaggiore a Manarola são 6 quilômetros.

De Manarola a Corniglia são 6 quilômetros.

De Corniglia a Vernazza são 6 quilômetros e de Vernazza a Monterosso são 20 quilômetros.Como ir de Milão a Cinque Terre

De Milão à La Spezia, que é a cidade mais próxima às cinco terras, são 220 quilômetros.

Dá para ir de carro ou de trem.

De trem, a melhor alternativa é comprar a passagem de Milão para a estação central de La Spezia (La Spezia Centrale) e lá comprar a passagem para as cinco terras.

Tem um bilhete de trem que custa € 16 e é válido durante todo o dia para visitar as cinco aldeias. O bilhete normal custa € 4 por trajeto.

Dá para visitar as cinco aldeias de carro, no entanto, o acesso é limitado. São raros os dias em que se consegue entrar por ali de carro e estacionar.

Se quiser ir de carro, vá de Milão até La Spezia e lá pegue o trem ou o barco.

O melhor jeito de explorar as cidadezinhas é de barco ou de trem.Quando ir a Cinque Terre

De março a outubro e no mês de dezembro, o movimento é enorme.

Em novembro, janeiro e fevereiro, a quantidade de turistas diminui, no entanto, faz frio, são os meses de inverno na Itália, mas nada que comprometa a visita. O cenário é lindo, único.Quanto tempo ficar em Cinque Terre

Em um dia dá para conhecer as Cinque Terre se o objetivo for descer, dar uma voltinha nas aldeias e tirar fotos.

Para curtir o clima, parar para almoçar, tomar um vinho, vale a pena ficar dois dias.

Nós ficamos hospedados em La Spezia, fizemos o passeio de barco no primeiro dia e conhecemos 3 cidades. No outro dia, fomos de trem conhecer as outras 2.Bate e volta de Milão a Cinque Terre

Dá para fazer um bate e volta de Milão a Cinque Terre, mas eu acho que vale a pena ficar três dias por ali, conhecer Gênova e as cinco cidadezinhas com calma.

É um lugar que, provavelmente, você só irá uma vez na vida, aproveite o passeio ao máximo.

O primeiro trem de Milão com destino a La Spezia sai da Estação Central às seis da manhã, o trajeto dura pouco mais de três horas.

Os trens para as Cinque Terre saem da Estação Central da La Spezia.

O píer onde atracam os barcos com destino às Cinco Terras fica a um quilômetro e meio da Estação Central.Trem nas Cinque Terre

A companhia de trem que percorre as Cinque Terre é a Trenitalia.

Cada trajeto custa € 4. Tem um bilhete diário que custa € 16 e permite viajar durante todo o dia pelas cinco cidadezinhas.

Para conferir os horários e os preços dos bilhetes, clique aqui.Barco nas Cinque Terre

Na minha opinião, o passeio de barco é imperdível.

Só tem uma companhia que faz o passeio pelas Cinque Terre, que é o Consorzio Marittimo Turistico 5 Terre.

O bilhete custa € 35 e inclui o trajeto pelas cinco cidadezinhas e paradas em quatro, das Cinque Terre: Riomaggiore, Manarola, Vernazza e Monterosso. O barco não para em Corniglia. Você pode escolher a cidade que quer visitar primeiro e depois pegar novamente o barco para conhecer as outras.

Para conferir os horários e os preços dos bilhetes, clique aqui.A pé nas Cinque Terre: Sentiero Azzurro

Eu queria muito ter feito o caminho azul pelas cinco terras, mas como estava com meu filho de 10 meses no carrinho e os trajetos de Riomaggiore a Manarola (reabertura prevista em 2019) e Manarola a Corniglia (reabertura prevista em 2018) estavam fechados, acabei não fazendo.

O sentiero azzurro tem, aproximadamente, 12 quilômetros e é dividido em quatro etapas: de Riomaggiore a Manarola são vinte minutos de caminhada pela estrada do amor (via dell’amore); de Manarola a Corniglia são pouco mais de 2 quilômetros de caminhada; de Corniglia a Vernazza o percurso de 3 quilômetros dura em torno de uma hora e meia; de Vernazza a Monterosso também são mais de 3 quilômetros.Onde ficar em Cinque Terre

Você pode ficar hospedado nas Cinque Terre ou em La Spezia, são as melhores opções.E as praias?

A água é quente, mas a praias são minúsculas, imagino que nos dias de calor seja impossível conseguir um lugar ao sol.Monterosso

É a maior aldeia das Cinque Terre e, provavelmente, a mais antiga, os primeiros documentos remontam a 1056.

Os monumentos mais importantes de Monterosso são a igreja gótica de San Giovanni Battista construída entre 1282 e 1307, a Torre Aurora (século XVI), o castelo dos Fieschi e o monastério da igreja San Francesco.

A economia local baseia-se no turismo, na pesca e na produção de vinhos de qualidade.
Vernazza

É considerada por muitos como a mais charmosa das Cinque Terre.

Os principais monumentos históricos de Vernazza são a igreja Santa Margherita di Antiochia, o santuário de Nostra Signora di Reggio e o castelo dos Doria.
Corniglia

É a única aldeia sem acesso pelo mar e a menor das Cinque Terre.

O monumento mais importante de Corniglia é a igreja San Pietro.
Manarola

Com pouco mais de 300 habitantes, é a segunda menor aldeia das Cinco Terras.

O destaque de Manarola, além das casinhas charmosas e da igreja de San Lorenzo, é o presépio com mais de 17 mil lâmpadas que iluminam o perfil de 300 personagens do dia 8 de dezembro ao 31 de janeiro.

Por aqui se diz que é o maior presépio do mundo.
Riomaggiore

Além das típicas casinhas coloridas com vista para o mar, Riomaggiore abriga a igreja San Giovanni Battista e o oratório de Santa Maria Assunta.
Ainda sem hotel? Faça a sua reserva para Milão ou qualquer outra cidade do mundo por aqui.
Se você fizer a reserva utilizando a caixa do Booking abaixo, nós ganhamos uma comissão, assim, além de você conseguir um hotel bacana, pagando menos, ainda dá uma força para recompensar o trabalho do blog sem pagar nada a mais por isso, aliás, quem reserva pelo Booking recebe desconto em cima do preço normal do hotel. Quanto antes você fizer a sua reserva, mais baixos serão os preços.

Booking.com

 

Artigos relacionados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *