Como economizar com transporte em Milão

by · 02/09/2015

Em tempos de crise e com a alta do euro, o negócio é economizar.
Aí vão algumas dicas para você não gastar muito dinheiro com transporte em Milão.

No aeroporto: a opção mais econômica para ir do aeroporto Malpensa ao centro de Milão é o ônibus, que custa €8 o bilhete por adulto e €4 para crianças com idade entre 2 e 12 anos. Comprando o bilhete de ida e volta, fica ainda mais barato, €14.
Não é a alternativa mais confortável para quem está com muitas malas, nesse caso, a dica é alugar um carro no aeroporto e devolvê-lo numa filial próxima ao centro da cidade, assim ao invés dos €90 de táxi, você irá pagar em torno de €40.
Aeroporto Malpensa em Milão Como ir do aeroporto Malpensa ao centro de MilãoNo trem: se você está programando bate e voltas a partir de Milão, compre as passagens de trem com bastante antecedência, quanto antes você comprar, menor será o preço.
A única exceção à regra é a Trenord. Os bilhetes do aeroporto Malpensa ao centro de Milão, de Milão para o Lago de Como, Bérgamo e Bréscia têm sempre o mesmo preço independente da antecedência com que forem comprados.
De Milão a Veneza de trem Viajar de trem pela ItáliaNo centro: ande a pé. A melhor forma de conhecer Milão é caminhando. A cidade é plana e os principais pontos turísticos ficam muito próximos uns dos outros. Além de ser extremamente charmoso, você ainda queima umas calorias para poder comer as pizzas e as massas sem nenhum peso na consciência.
Dicas de Milão como economizar em Milão Fora do centro: esqueça os táxis, use os transportes públicos. Os transportes públicos em Milão funcionam muito bem e abrangem toda a cidade. Uma outra opção, é o serviço de aluguel de bicicleta, que custa € 4,50 a diária. Por esse valor, você pode pegar a bicicleta quantas vezes quiser, durante 24 horas, por até 30 minutos gratuitamente e por €0,50 a cada meia hora para períodos superiores a 30 minutos e inferiores a duas horas.
Usar bicicletas para se locomover em Milão Transporte público em Milão

Ainda sem hotel? Faça a sua reserva para Milão ou qualquer outra cidade do mundo por aqui.
Se você fizer a reserva utilizando a caixa do Booking abaixo, nós ganhamos uma comissão, assim, além de você conseguir um hotel bacana, pagando menos, ainda dá uma força para recompensar o trabalho do blog sem pagar nada a mais por isso, aliás, quem reserva pelo Booking recebe desconto em cima do preço normal do hotel. Quanto antes você fizer a sua reserva, mais baixos serão os preços.



Booking.com

Artigos relacionados:

12 Comentários

  1. Renan Contareli disse:

    Faço uma critica construtiva: fala de transporte em Milao e nao falar do tram? Perdeu milhares de pontos… o tram é um dos simbolos de Milano. Charmoso, economico e passa pelas principais ruas da cidadade. Um otimo modo de conhecer tambem pra quem tem pouco tempo a disposiçao. Faltou tambem informaçao sobre a bicicleta. Depois de meia horas basta colocar ela em um dos pontos do Bikemi e esperar 5 minutos pra poder usar por mais meia hora gratuitamente. Querendo, nao se gasta alem do preço diario.

    • Simone Betoni disse:

      Bom dia Renan, todas essas informações constam na última parte do artigo: Fora do centro… Os transportes públicos supracitados englobam metrô, ônibus, ônibus elétrico e bonde, conhecidos como tram na Itália, é só clicar no link para mais detalhes, assim como é só acessar o link do aluguel de bicicletas para obter maiores informações.
      Abraço,

  2. Adriana disse:

    Olá gostaria de saber se o bairro San Giovanni fica muito longe do aeroporto Malpensa ?

  3. Fabrícia disse:

    Bom dia Simone, chego em Malpensa no final de Novembro e gostaria de saber a melhor forma de ir para Savona. Pode me ajudar?

    • Simone Betoni disse:

      Olá Fabrícia, primeiro você deverá pegar um ônibus ou trem (trenord.it) com destino à estação central e de lá pegar um trem (trenitalia.com) para Savona.
      Abraço,

  4. Phillipe disse:

    Oi Simone, aproveitando o tópico, como é o esquema de bondes em Milão? Queria priorizar esse modal para me deslocar e ver a cidade. Obrigado como sempre pela atenção.

  5. Juliana disse:

    Há um aplicativo, no caso das bicicletas, que mostre a disponibilidade em cada base?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *