Asti e Barolo Itália: excelentes vinhos, rica gastronomia e paisagens deslumbrantes

by · 13/08/2017

Nas colinas tranquilas de Monferrato e Langhe no Piemonte, entre os Alpes e a Ligúria, você encontrará uma das paisagens mais deslumbrantes da Itália.

A região de Langhe e Monferrato engloba os vinhedos, tombados como patrimônio mundial da humanidade da UNESCO em 2014, e centenas de cidadezinhas, entre elas Asti e Barolo, famosas pelos excelentes vinhos, pelo cenário de tirar o fôlego, pela rica gastronomia e pelo turismo rural.

Como se não bastasse, o turismo de massa ainda não chegou por ali.
O que fazer em Asti

O grande barato da viagem são os vilarejos minúsculos rodeados por colinas em meio a vinhedos espetaculares, que produzem alguns dos melhores vinhos da Itália.

A província de Asti é composta de 118 cidades, a maior parte delas, mais precisamente 78, tem menos de 1.000 habitantes.

A vida por ali é tranquila, o tempo passa mais devagar e o turismo predominante é o rural.
Principais Pontos turísticos de Asti

Asti, com mais de 77.000 habitantes, é a maior cidade da província e é conhecida pelos vinhos, pela culinária e pela beleza medieval.

Os principais pontos turísticos da cidade são a catedral, o teatro Alfieri, a igreja Collegiata di San Secondo, o palácio Civico, a torre Troiana, o palácio Mazzetti, a cripta e o museu de Sant’Anastasio, a torre Comentina, o palácio dell Collegio, a torre Rossa e o complexo San Pietro.

Um dos eventos mais tradicionais da cidade é o Palio de Asti (corrida de cavaleiros em trajes medievais), o mais antigo da Itália (1275), que ocorre, todos os anos, no terceiro domingo de setembro.

Um dia é suficiente para conhecer a cidade, degustar os vinhos e saborear a gastronomia local.
O que fazer em Barolo

Barolo é bem pequeninha, com pouco mais de 700 habitantes, abriga um castelo, duas igrejas, doze restaurantes, sete lojas de vinhos, dezoito hotéis e dois museus: o museu do vinho e o museu do saca-rolhas.

O bacana dali é visitar as cantinas, experimentar os vinhos e abastecer a adega.
Vinhos

Os vinhedos do Piemonte ocupam 30% da região e é ali mesmo que é consumida 90% da produção de vinho.

A região de Langhe e Monferrato são mundialmente conhecidas pelas vinícolas, a partir das uvas dali é que são feitos alguns dos vinhos tintos mais renomados do mundo como o Barolo.

Os principais vinhos produzidos na região são o Asti espumante, o Moscato d’Asti, o Barbera d’Asti, o Barbera del Monferrato, o Nizza, o Albugnano, o Alta Langa, o Brachetto D’Acqui, o Cisterna d’Asti, o Cortese dell’Alto Monferrato, o Dolcetto D’Asti, o Freisa D’Asti, o Loazzolo, o Malvasia di Casorzo, o Mavasia di Castelnuovo D.B., o Ruche di Castagnole M.to, o Terre Alfieri, o Alba, o Barbaresco, o Barbera d’Alba, o Barolo, o Dogliani, o Dolcetto d’Alba, o Nebbiolo d’Alba, o Roero e o Terre Alfieri.
Gastronomia

Os presuntos e salames da província de Asti são fabulosos, os mais tradicionais são o salame feito com carne de burro (asino) e o presunto de Cocconato.

Os queijos mais típicos da região são a Robbiola de Cocconato e de Roccaverano e a Toma de Capra.

Como prato principal, aposte em massas como o tajarin (talharim) e o agnolotto (massa recheada com carne), nas carnes cruas ou grelhadas e nos pratos com trufas.

De sobremesa, a pedida é o bonet, um pudim feito com cacau, biscoito de amêndoas, ovo, leite, rum, açúcar e caramelo. Simplesmente delicioso.
Ainda sem hotel? Faça a sua reserva para Milão ou qualquer outra cidade do mundo por aqui.
Se você fizer a reserva utilizando a caixa do Booking abaixo, nós ganhamos uma comissão, assim, além de você conseguir um hotel bacana, pagando menos, ainda dá uma força para recompensar o trabalho do blog sem pagar nada a mais por isso, aliás, quem reserva pelo Booking recebe desconto em cima do preço normal do hotel. Quanto antes você fizer a sua reserva, mais baixos serão os preços.

Booking.com

Artigos relacionados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *