5 Lugares fora do circuito turístico em Milão que você tem que conhecer

by · 30/04/2017

O duomo, a galeria Vittorio Emanuele, o Cenáculo, os bairros Brera e Navigli fazem parte do circuito turístico e são paradas obrigatórias em Milão.

Mas aqui, tem muitos outros lugares incríveis que não fazem parte do circuito turístico que você tem que conhecer.

Pertinho do duomo, a caminho do Cenáculo de Leonardo da Vinci, está localizada uma das igrejas mais bonitas da cidade e que passa despercebida pela maior parte dos turistas.
Igreja San Maurizio al monastero maggiore

A fachada da igreja é bem simples, mas o interior dela, coberto de afrescos, é simplesmente deslumbrante e, embora não seja sede da eleição do papa e não tenha afrescos assinados por pintores famosos como Michelangelo, faz jus ao título de capela Sistina de Milão.
os pricipais Pontos turísticos de Milão Igreja San Maurizio a Capela Sistina de MilãoCasa-museu Boschi di Stefano

A Boschi di Stefano é uma das casas-museu que eu mais gosto em Milão.

Aberta ao público desde 2003, a antiga residência do casal Antonio Boschi (1896-1988) e Marieda di Stefano (1901-1968) abriga uma coleção de mais de 300 obras entre esculturas, pinturas e desenhos da história da arte italiana do século XX de artistas como Carrà, Di Chirico, Lucio Fontana, Di Pisis, Morandi, Sironi, Marussig e Casorati.
Casa-museu Boschi di Stefano Museus em MilãoParque Indro Montanelli

O parque Indro Montanelli fica na Porta Venezia e, ao contrário do Sempione, não é muito conhecido pelos turistas.

Além de ser um lugar muito bacana para praticar atividades físicas, descansar ou curtir o clima gostoso do jardim, o parque abriga o belo palácio Dugnani, o museu de História Natural e o planetário Ulrico Hoepli.
Citylife Milano

O CityLife Milano é um projeto arquitetônico de requalificação do antigo bairro Fiera Milano (1920), que abrange uma área com cerca de 366.000 metros quadrados, assinado pelos arquitetos Zaha Hadid, Arata Isozaki e Daniel Libeskind.

O projeto engloba obras públicas e privadas, entre elas, um parque e uma praça central, um museu, uma creche eco-sustentável e edifícios comerciais e residenciais.

Os prédios são lindos, o bairro é moderno, charmoso e absolutamente silencioso.
Bar Luce

O bar Luce foi projetado por Wes Anderson e recria a atmosfera de uma cafeteria típica da velha Milão.

O teto feito de ferro reproduz, em miniatura, o telhado da galeria Vittorio Emanuele. Os móveis, o piso, as paredes, as cores e a decoração remetem à Itália dos anos 50 e 60, fonte de inspiração do diretor para o curta-metragem Castelo Cavalcanti.

O bar, assim como os filmes de Wes Anderson, é simétrico, preciso, refinado, harmonioso e feito com as cores certas.
Ainda sem hotel? Faça a sua reserva para Milão ou qualquer outra cidade do mundo por aqui.
Se você fizer a reserva utilizando a caixa do Booking abaixo, nós ganhamos uma comissão, assim, além de você conseguir um hotel bacana, pagando menos, ainda dá uma força para recompensar o trabalho do blog sem pagar nada a mais por isso, aliás, quem reserva pelo Booking recebe desconto em cima do preço normal do hotel. Quanto antes você fizer a sua reserva, mais baixos serão os preços.


Booking.com

Artigos relacionados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *