5 Curiosidades sobre Leonardo Da Vinci

by · 06/08/2017

Leonardo, grande protagonista do Renascimento italiano, foi um gênio.

Além de pintor, escultor e arquiteto, dedicou-se a estudos científicos como a anatomia, a física, a botânica, a matemática, a geologia e a cartografia e inventou máquinas, antecipando (em alguns séculos) algumas das mais modernas inovações tecnológicas.
1. Leonardo foi criado pelo pai

Leonardo da Vinci era filho de Caterina di Meo Lippi e Piero da Vinci.

Caterina era uma menina pobre de 16 anos e órfã.

Piero era um notário promissor de Vinci, uma cidadezinha da Toscana com menos de 350 habitantes.

Para deslanchar na carreira, Piero casou-se (no ano em que Leonardo nasceu) com Albiera, uma jovem que pertencia a uma família influente da alta burguesia toscana.

Caterina casou-se dois anos mais tarde com Antonio di Piero Buti.

Reza a lenda, que o pai de Piero pagou o dote e arranjou o casamento entre os dois para reparar o mau comportamento do filho.

Quando Caterina deixou de amamentar, provavelmente um ano e meio após o nascimento de Leonardo, entregou-o aos cuidados do pai.

2. Leonardo era vegetariano convicto

Leonardo era completamente apaixonado pelos animais.

Dizem que ele ia aos mercados comprar pássaros nas gaiolas para libertá-los.

Duas frases são atribuídas a Da Vinci:

Não se come nada que tenha sangue.

Chegará o dia em que o homem será julgado pelo crime de matar um animal, assim como é julgado pelo crime de matar um homem.

3. Leonardo era canhoto e escrevia da direita para a esquerda

Leonardo era canhoto, o que era inaceitável naquela época, visto que a mão esquerda era a mão do diabo.

Além disso, escrevia da direita para esquerda e, muitas vezes, começava a escrever na última folha até chegar à primeira.

Muitos consideravam-no um herege, no entanto, era o seu modo de escrever que, de acordo com muitos neurologistas, era normal para um canhoto que não havia sido corrigido na infância.

4. Leonardo foi acusado de sodomia

Muito se fala sobre a homossexualidade de Leonardo (o que na época era muito comum em Florença), inclusive Freud relatou um sonho do artista quando era criança: um milhafre que tocava-lhe repetidamente os lábios com a cauda.

Em 1476, Leonardo junto com outros estudantes da oficina de Verrocchio foram acusados de sodomizar Jacopo Satarelli, um aprendiz de ourives de 17 anos.

Após um breve período na prisão, Leonardo e os outros estudantes foram libertados, visto que a queixa, anônima, não foi aceita pelos juízes.

5. Homem sem letras

Omo senza lettere: é assim que Leonardo se define em uma página do Código Atlântico.

Da Vinci não falava latim e, naquela época, o latim era a língua utilizada pela corte, nos tribunais e em debates acadêmicos.

Para Leonardo, que aspirava fazer da arte uma ciência e da ciência uma arte, o conhecimento do latim era requisito fundamental para ser respeitado no mundo acadêmico.

Embora tenha estudado bastante, o latim nunca foi seu forte, a paixão de Leonardo sempre foram os desenhos.
Ainda sem hotel? Faça a sua reserva para Milão ou qualquer outra cidade do mundo por aqui.
Se você fizer a reserva utilizando a caixa do Booking abaixo, nós ganhamos uma comissão, assim, além de você conseguir um hotel bacana, pagando menos, ainda dá uma força para recompensar o trabalho do blog sem pagar nada a mais por isso, aliás, quem reserva pelo Booking recebe desconto em cima do preço normal do hotel. Quanto antes você fizer a sua reserva, mais baixos serão os preços.

Booking.com

Artigos relacionados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *